Petrobras conquista terminal no porto de Santos (SP) com oferta de R$ 558,25 milhões

311

 Foi realizada hoje (19), na B3, o leilão dos terminais portuários destinados à movimentação de granéis líquidos STS 08 e STS08A, no porto de Santos (SP), e IMB05, em Imbituba (SC).

A Petrobras confirmou seu favoritismo, em um leilão sem disputa, e arrematou um contrato de mais 25 anos no terminal de granéis líquidos STS 08A, no Porto de Santos. Apesar de ser o único interessado na disputa, a estatal ofereceu uma outorga de R$ 558,25 milhões, que serão pagos ao governo federal por meio da Santos Port Authority (SPA) – que com isso engorda ainda mais seu caixa antes da desestatização.

O ativo, em questão, é um terminal de 305.688 metros quadrados, com previsão de R$ 792 milhões de investimentos ao longo dos 25 anos de contrato. A área hoje é operada pela Transpetro. O STS 08, outro terminal do local, não recebeu proposta. A Petrobras poderia fazer oferta ao terminal, mas só poderia levar caso não houvesse nenhum outro interessado. Ao fim, o leilão acabou sem nenhuma oferta.

Por sua vez, no terminal em Imbituba (SC), a única concorrente foi a Fertilizantes Santa Catarina que conquistou o ativo com oferta de outorga de R$ 200 mil. A área tem 7.455 m², e a expectativa é que, com os investimentos previstos de R$ 25 milhões, o terminal chegue a uma capacidade estática de 14.973 toneladas. Hoje, a operação é feita pela SCPar Porto de Imbituba S.A., empresa do governo estadual.

A princípio, estavam programados outros três arrendamentos: um terminal de granéis sólidos minerais no Porto de Itaguaí (RJ); um de granéis sólidos vegetais, no Porto de Porto Alegre (RS); e um terminal de carga geral, no Porto de Cabedelo (PB). Os três foram suspensos, a pedido dos grupos interessados, e deverão passar por reformulação. (Valor)