Comitê sugere restrições à venda de Gaspetro

107

A compra dos 51% detidos pela Petrobras na Gaspetro, pela Compass, envolve “riscos elevados de práticas anticoncorrenciais”, segundo o Comitê de Monitoramento da Abertura do Mercado de Gás Natural (CMGN). Em nota técnica enviada ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), o órgão interministerial recomendou que sejam implementados limites à participação da empresa do grupo Cosan no mercado de gás e que a futura controladora da Gaspetro seja obrigada a vender sua participação em parte das distribuidoras de gás canalizado.

Valor Econômico