Crise hídrica dá novo impulso ao mercado de aquecimento solar

453

Com a alta nas contas de luz, o mercado de aquecedores solares deve crescer mais de 30% em novos sistemas instalados em 2022 na comparação anual, segundo a Associação Brasileira de Energia Solar Térmica (Abrasol). De janeiro a agosto de 2021, o mercado teve crescimento de 28% no país. A tecnologia de base solar ajuda a reduzir o gasto com energia elétrica para aquecimento de água. Por meio de um coletor, que capta a energia solar, a água é aquecida e armazenada em um reservatório. Ao todo, os sistemas instalados no Brasil até o momento somam uma potência total de 13,4 gigawatts (GW). Como comparação, a capacidade instalada da usina de Itaipu, maior hidrelétrica do país, é de 14 GW.

Valor Econômico