Bolsonaro pede economia com energia, mas Presidência gasta mais com conta de luz

296

Enquanto o presidente Jair Bolsonaro pede para a população economizar energia, inclusive sugerindo que deixe de usar elevadores e apague um ponto de luz da casa, a Presidência da República gastou mais eletricidade nos últimos meses. No período entre junho e agosto, quando o governo começou a alertar para os riscos da crise hídrica sobre o sistema elétrico, o consumo dos palácios e prédios ligados à Presidência subiu 5,2% em relação ao mesmo período de 2020, de 2.219.442 quilowatt-hora (kWh) para 2.335.881 kWh.

O Globo