Novo investidor em solar

93

O mercado brasileiro de energia solar ganhou um novo investidor, que estreia com planos ambiciosos. Fundada em Londres em dezembro do ano passado, a Solar Americas Capital anunciou ontem sua entrada no país, divulgando a intenção de chegar a 2 gigawatts (GW) de usinas solares até 2026. Segundo a empresa, sua atuação no mercado de energia se dará por meio de joint ventures com outras empresas, para que juntos desenvolvam e explorem os ativos de geração. 

Valor Econômico