Teles ‘tradicionais’ lideram avanço do 5G no mundo

106

Nas condições atuais, dificilmente o leilão de frequências disponíveis para o 5G terá uma “fila” de novos entrantes interessados em oferecer serviços de quinta geração no país. Em 15 mercados da Europa, Ásia e América do Norte a vitória nas licitações de espectro e a implementação da tecnologia coube majoritariamente às operadoras legadas (as “tradicionais”, aquelas já presentes no mercado), segundo indica levantamento da consultoria internacional Bain & Company. As legadas, nesse caso, eram operadoras de telefonia móvel ou empresas integradas com operações móveis e fixas. Em somente 3 dos 15 países pesquisados – China, Alemanha e Itália – operadoras fixas arremataram frequências para prestar o serviço móvel 5G. 

Valor Econômico