Governo paulista arrecada R$ 22,3 milhões em leilão de aeroportos regionais

150

O governo de São Paulo arrecadou R$ 22,3 milhões com a concessão de 22 aeroportos regionais, divididos em dois blocos, em leilão realizado na B3 na tarde desta quinta-feira (15) em São Paulo. O consórcio Aeroportos Paulista, liderado pela empresa Socicam, arrematou o bloco noroeste ao ofertar R$ 7,6 milhões, ágio de 11,14%. Esse grupo reúne as unidades aeroportuárias de São José do Rio Preto, Presidente Prudente, Araçatuba, Barretos, Assis, Dracena, Votuporanga, Penápolis, Tupã, Andradina e Presidente Epitácio. A outorga mínima era de R$ 6,8 milhões. O bloco sudeste recebeu duas ofertas e foi arrematado pelo consórcio Voa NW e Voa SE por R$ 14,7 milhões, ágio de 11,5%. A proposta do consórcio Aeroportos Paulista foi de R$ 13,2 milhões, a outorga mínima. O lote é liderado pelo município de Ribeirão Preto e conta com as unidades de Bauru-Arealva, Marília, Araraquara, São Carlos, Sorocaba, Franca, Guaratinguetá, Avaré-Arandu, Registro e São Manuel. Notícias como essa são oferecidas diariamente pela Abdib em um serviço de curadoria das reportagens sobre infraestrutura publicadas pela imprensa brasileira. O resumo está disponível no portal da Abdib, com acesso direto às matérias originais. Acesse essa e outras matérias na seção Notícias do Dia.

Folha de S. Paulo