Leilões de aeroportos regionais se multiplicam pelos Estados

620

O leilão de 22 aeroportos regionais em São Paulo, marcado para 15 de julho, promete ser o primeiro de uma série de projetos estaduais do setor. Um mapeamento da Associação Brasileira da Infraestrutura e Indústrias de Base (Abdib) registrou outros 27 ativos com esse perfil, em dez Estados do país.

A maioria das iniciativas ainda está em fase inicial de avaliação, mas, além do projeto paulista, há ao menos outros três mais avançados. Estão prestes a serem lançados os editais para dois projetos: o aeroporto de Pampulha, em Minas Gerais, e a Parceria Público Privada (PPP) do aeroporto de Parnaíba, no Piauí. Também está em etapa de consulta pública uma concessão do aeroporto de Fernando de Noronha (PE). Juntos, esses quatro contratos deverão somar investimentos de aproximadamente R$ 770 milhões.

O país já tem algumas concessões de aeroportos estaduais em curso, mas o movimento que se vê hoje, com uma série de projetos locais, é uma novidade, avalia Marcelo Allain, coordenador do Comitê de Aeroportos da Abdib e sócio da BR Infra Group. “Esta é a próxima geração de aeroportos no Brasil”, diz Maurício Moysés, do Moysés & Pires Advogados.composição entre operadores aeroportuários e de turismo”, afirma.

Leia reportagem completa no jornal Valor Econômico.