Ferrovias da Zona da Mata poderão ser exploradas pela iniciativa privada

53

Cinco trechos que passam por municípios da Zona da Mata poderão ser explorados pela iniciativa privada. A informação foi divulgada no início do mês após o governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), assinar um decreto para transferir à iniciativa privada a administração de 19 ferrovias do Estado. De acordo com o Governo de Minas, a expectativa é atrair R$ 26,7 bilhões para o setor. Além disso, a exploração de linhas de menor extensão, conhecidas como “shortlines”, pode gerar mais de 370 mil empregos. O decreto regulamenta a Lei nº 23.748/2020 que prevê um plano estadual de transporte ferroviário. Conforme o Estado, a previsão é que as empresas interessadas poderão assinar contratos com validade de 25 a 99 anos. (G1)