Expansão portuária 2

186

Kanaan também manifesta preocupação com o que chamou de “ruídos regulatórios” no setor de logística. Entre as preocupações, ele cita “a permissão para cobrar taxas nos terminais” – uma referência ao imbróglio, que se arrasta há anos, em torno do direito de cobrar a taxa de segregação e entrega de contêineres (a chamada THC2). Outro “ruído” citado pelo presidente são as recentes críticas à verticalização na cadeia logística de contêineres. Questionado sobre a indefinição sobre o futuro do regime fiscal do setor, o Reporto, que desonera investimentos, ele afirma que a isenção “não será o ‘driver’ do investimento”, e sim a regulação.

Valor Econômico

COMPARTILHAR
Artigo anteriorExpansão portuária 1
Próximo artigoLeilão da Casal