Cisão de fibra óptica gera valor para teles

71

A soma das partes pode ser mais valiosa que o todo quando se trata das operadoras de telecomunicações. Adotada no Brasil por Oi, TIM e Telefônica, a estratégia de cindir a infraestrutura de fibra óptica para alocá-la numa empresa independente, com atuação no atacado, tem potencial para gerar valorização entre 10% e 30% na comparação entre a tele original e as duas companhias resultantes. A estimativa é da consultoria Oliver Wyman, para quem as novas empresas de infraestrutura óptica se assemelham mais, aos olhos do mercado, às concessionárias de serviços públicos do que às operadoras tradicionais.

Valor Econômico