Leilão reforça avanço de gás e biodiesel no fornecimento de energia na Amazônia

49

O leilão para contratar energia para sistemas isolados na Amazônia realizado nesta sexta (30) reforçou o avanço de projetos a gás natural e a biodiesel sobre fontes mais poluentes que ainda dominam o fornecimento à região. Não houve, porém, contratação de projetos de geração solar. O governo contratou uma potência instalada de 97 MW (megawatts) para abastecimento de 23 localidades no Amazonas, no Acre, no Pará, em Rondônia e em Roraima. São lugares que não estão conectados à rede nacional de transmissão de energia e são atendidas por sistemas isolados.

Folha de S.Paulo