STJ tira aeroporto de Manaus de leilão já feito pelo governo. Especialistas apontam insegurança jurídica

44

O presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Humberto Martins, retirou o aeroporto de Manaus da lista de terminais leiloados pelo governo no início do mês. Na decisão desta terça-feira, Martins manteve os outros aeroportos na concessão. O aeroporto foi leiloado no último dia 7, em São Paulo, em um bloco composto também pelos terminais de Porto Velho (RO), Rio Branco (AC), Cruzeiro do Sul (AC), Tabatinga (AM), Tefé (AM) e Boa Vista (RR). A retirada se deve a uma disputa jurídica envolvendo o aeroporto de Manaus que é bem anterior ao leilão e já passou por outras instâncias da Justiça.

O Globo