Governo prevê R$ 480 bi em investimentos para reduzir dependência de rodovia no transporte de cargas

44

Os caminhoneiros deverão ter menos peso no transporte de cargas até 2035 caso os projetos indicados pela Empresa de Planejamento e Logística (EPL) sejam levados adiante, o que exigirá R$ 480 bilhões em investimentos. Neste cenário, a participação das rodovias na movimentação de cargas deverá cair para 70%, enquanto a combinação de ferrovias, hidrovias e a cabotagem passará a cerca de 30%. Hoje, as rodovias movimentam 87% das mercadorias transportadas pelo país, o que dá poder para que caminhoneiros pressionem o governo principalmente pela redução do preço dos combustíveis.

Folha de S.Paulo