Aneel revê cronograma de indenização para conter tarifas

48

Na tentativa de conter o aumento das contas de luz em 2021, o comando da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) avalia o remanejamento de custos repassados para os consumidores. Hoje, a diretoria da agência deve rever o cronograma do pagamento de indenizações devidas às transmissoras que renovaram os contratos na gestão da ex-presidente Dilma. A expectativa dos diretores é conseguir aprovar índices de reajuste na casa de um dígito neste ano, contra uma tendência de altas bem maiores. Diferentes fatores têm contribuído para deixar as tarifas mais caras neste ano.

Valor Econômico