Preço de commodities energéticas bate recorde

54

O preço das commodities energéticas em reais atingiu no mês passado o maior valor da história, puxado pela retomada da economia global e pela desvalorização cambial no Brasil. A tendência, de acordo com analistas, é que esse movimento continue ao longo do ano à medida que a atividade econômica mundial ganhe ainda mais força. O preço das commodities energéticas do Índice de Commodities Brasil (IC-Br) cresceu 7,74% entre fevereiro e março, segundo o Banco Central (BC). Com isso, superou em 5,71% o pico anterior, registrado em setembro de 2018. 

Valor Econômico