‘Atacadão’ de rodovias é o novo desafio

64

Depois do sucesso de ontem no leilão de aeroportos, que deve se repetir hoje com a Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol) e amanhã com cinco terminais portuários, o grande esforço do governo será emplacar todas as concessões de rodovias pela frente. O desafio consiste em atrair mais investidores para a “superoferta” de ativos, até o fim de 2022, em um setor que tem visto encolhimento da disputa entre poucos grupos. Na última grande leva de estradas federais, em 2013, todos os leilões tinham de cinco a oito participantes por trecho. 

Valor Econômico