Leilão da Cedae corre risco de ser adiado pelo Legislativo

56

O leilão da concessão dos serviços de distribuição de água e tratamento de esgoto da Cedae, marcado para 30 de abril, corre o risco de ser adiado. Segundo antecipou ontem o Valor PRO, serviço de notícias em tempo real do Valor, o presidente da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), André Ceciliano (PT), apresentará hoje projeto de decreto legislativo que condiciona a realização do leilão à assinatura da prorrogação do Regime de Recuperação Fiscal (RRF) nos termos previstos em 2017.

Valor Econômico