Escalada do petróleo agrava risco da gestão de preços da Petrobras

80

Petróleo e derivados devem seguir valorizados nos próximos meses, na esteira da combinação de estoques reduzidos, oferta global ainda limitada e demanda em forte recuperação após o baque da pandemia, dando sequência ao ganho acumulado de 24% em 2021. No curto prazo, o preço da commodity pode rondar o intervalo de US$ 70 a US$ 80 por barril, acima dos níveis pré-covid-19, indicam as projeções mais recentes de consultorias especializadas e bancos de investimentos, que aceleraram a revisão de estimativas após a onda de frio que afetou a produção de óleo e gás no sul dos Estados Unidos.

Valor Econômico