Piauí lança edital de licitação da PPP da Rodovia Transcerrados; leilão será dia 28 de maio

207

O Governo do Estado do Piauí lança no dia 23 de fevereiro o edital de licitação da PPP da Rodovia Transcerrados, projeto que compreende as rodovias PI-397 e PI-262 (estrada da Palestina). Por videoconferência, o presidente-executivo da Abdib, Venilton Tadini, participa da cerimônia, com depoimentos sobre o projeto, que será leiloado na B3 no dia 28 de maio. As apresentações podem ser vistas no canal do Governo do Piauí no YouTube.

O escopo envolve conservação, recuperação, construção, manutenção, implantação de melhorias e operação das vias. Os trechos somam extensão de 276,8 km e abrangem 25 municípios piauienses, com impacto em região de produção de soja. A licitação será modalidade internacional. O contrato terá duração de 30 anos, com previsão de R$ 808 milhões de investimentos.

Ao longo das etapas de estruturação do projeto da rodovia Transcerrados, a Abdib organizou encontros – em agosto de 2018 e em fevereiro de 2020 – para que os potenciais investidores e prestadores de serviços pudessem conhecer detalhes da iniciativa. No mais recente, o presidente-executivo da Abdib, Venilton Tadini, corroborou a visão de empresários e especialistas presentes e ressaltou a qualidade dos estudos de viabilidade técnica, econômica e de demanda, bem como a estrutura de garantias.

Perspectiva de crescimento agrícola – A Transcerrados servirá como rota de escoamento de cargas agrícolas da região conhecida como Matopiba, que compreende o Cerrado dos estados do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia e responde por grande parte da produção brasileira de grãos e fibras. Atualmente, de acordo com a administração pública estadual, 64% da produção que se origina no Piauí são transportados para o porto de São Luís (MA), 35,5% por Salvador (BA) e 0,5% pelo porto de Barcarena (PA). O projeto, dessa forma, trará melhor integração com os demais estados produtores da região, aumentando o escoamento do Piauí.

Segundo o Governo do Piauí, a rodovia será estratégica para o desenvolvimento agroindustrial no estado. Atualmente, cerca de 60% da área total destinada ao plantio de soja na região está sendo efetivamente usada. Com os investimentos na Transcerrados, a perspectiva é adicionar mais 350.928 hectares à produção de grãos ao longo de dez anos – uma expansão de 40%.

Para a superintendente de Parcerias e Concessões do Estado, Viviane Moura, o projeto da Transcerrados tem valor agregado que vai além da simples construção da infraestrutura rodoviária. “Os benefícios compreendem um aumento na competitividade do setor agroindustrial, redução do custo logístico, na geração de empregos diretos e indiretos, no apoio à prestação de serviços dos municípios através do fluxo de pessoas, entre outros”, disse.