AES Brasil avança com contratação de clientes para projeto eólico no RN

47

A AES Brasil está avançando com a venda de energia do complexo eólico Cajuína, em desenvolvimento no Rio Grande do Norte, e espera terminar a contratação de clientes para a primeira fase do projeto ainda em 2021, em meio à “corrida” no mercado após a aprovação do fim dos subsídios às fontes renováveis. Ontem, a geradora anunciou a assinatura de um contrato de compra e venda de energia (“PPA”) com a Minasligas, produtora de ferro silício, silício metálico e microsílica. O acordo envolve o fornecimento de 21 megawatts (MW) médios pelo prazo de 20 anos, com entrega de energia a partir de 2023. Para atender sua necessidade energética, a Minasligas terá um parque de 46 MW no empreendimento potiguar da AES.

Valor Econômico