Estatal muda condições para cadeia fornecedora

454

A Petrobras mudou algumas condições nos novos contratos com grandes fornecedores de bens e serviços da indústria de óleo e gás e passou a trabalhar, desde o fim do ano passado, em algumas licitações, com pagamentos de faturas a cada 90 dias. Antes, o prazo mais comum era de 30 dias. O Valor apurou que os fornecedores foram pegos de surpresa. Segundo duas fontes da indústria, licitações recentes para contratação de afretamento de embarcações e de equipamentos submarinos, por exemplo, já incluem as novas condições.

Valor Econômico