Diretora da Petrobras vê avanços no refino

473

Depois de quase dois anos à frente da diretoria de refino e gás natural da Petrobras, Anelise Lara está de saída da estatal. Ela deixou o cargo ontem e se desliga da estatal na segunda-feira. A decisão, segundo ela, é “pessoal e refletida” e vem do desejo de buscar nova posição na indústria de óleo e gás que lhe permita dedicação “mais flexível” ao trabalho. Responsável pela gestão operacional de ativos importantes no programa de desinvestimentos, a executiva se despede “confiante” no avanço da venda dos ativos, mas vê com preocupação a proximidade das eleições de 2022 e como o processo pode prejudicar a abertura do setor.

Valor Econômico