AES e Ferbasa

51

A AES Tietê e a Companhia Ferro Ligas da Bahia (Ferbasa) anunciaram ao mercado ontem que assinaram um memorando de entendimentos estabelecendo o fornecimento de 80 megawatts (MW) de energia por 20 anos. De acordo com o comunicado da AES Tietê, o fornecimento começa em 2024, a partir do projeto Eólico Cajuína, no Rio Grande do Norte. A AES espera iniciar a construção do complexo em 2021, com 165 MW de capacidade eólica instalada. Já a Ferbasa destaca que a aquisição do volume de 80 MW médios não representa um aumento de capacidade produtiva, mas “estratégia de redução no custo da energia em seu portfólio de contratos”.

Valor Econômico