Operadoras têm ‘proposta híbrida’ para leilão de 5G

54

Enquanto o comando da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) não vota a versão final do edital do leilão da quinta geração de telefonia (5G), as operadoras tentam costurar uma proposta sobre a ocupação da faixa de 3,5 gigahertz (GHz). Esta semana será decisiva, pois a Conexis detalhará a proposta aos integrantes do setor de radiodifusão, após já ter discutido o tema com o comando da Anatel e representantes dos ministérios das Comunicações e Economia.

Valor Econômico