Oliveira Energia busca choque de gestão no Amazonas

77

Há um ano e oito meses no comando das distribuidoras de energia no Amazonas e Roraima, privatizadas em 2018 pela Eletrobras, a Oliveira Energia tem avançado com o plano de virada dos negócios, mas quer acelerar esse processo a partir deste ano. Buscando o famoso “choque de gestão”, no fim do ano passado, a companhia reformulou o conselho de administração das empresas e trocou a diretoria da distribuidora amazonense, seu ativo mais desafiador. Com essas mudanças já concluídas, está revisando o plano de investimentos. De 2021 a 2025, estão previstos R$ 4,1 bilhões em aportes, concentrados principalmente na expansão da rede no Amazonas (60% do total).

Valor Econômico