BNDES concordou em estruturar desestatização da Codeba, diz ministro

82

O processo de desestatização da Companhia das Docas do Estado da Bahia (Codeba) vai contar com o auxílio do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), disse nesta quinta-feira, 19, o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas. Como revelou o Broadcast (sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado) em agosto, a Codeba deve formar o quinto ativo portuário na lista de desestatização, junto dos portos de Santos (SP), de São Sebastião (SP), do Espírito Santo e de Itajaí (SC).

Broadcast