Na fila para IPO, Navios South American sofre revés na justiça argentina

51

A operadora de logística Navios South American, uma das empresas na fila para abrir capital na B3, sofreu um revés no mês passado na Argentina. A Justiça daquele País suspendeu um contrato de US$ 67 milhões, por medida liminar. A decisão faz parte de um processo criminal que investiga a existência de conduta criminosa em torno da concorrência realizada pela empresa estatal de petróleo YPF, para o transporte fluvial de hidrocarbonetos. Subsidiária da South American, a Horamar venceu a licitação em 2019, mas o processo foi denunciado pela União de Frotas de Petróleo e Hidrocarbonetos (SUPEH), sob a acusação de que teria sido fraudulento.

Estado de S.Paulo