FMI pede que governos recuperem investimentos púbicos na infraestrutura

232

O Fundo Monetário Internacional (FMI) divulgou um comunicado no início de outubro defendendo a recuperação do investimento público na infraestrutura para reanimar a atividade econômica. O fundo escreveu que os governos precisam ajudar as pessoas a voltarem ao trabalho, o que significa reduzir o desemprego. Esse relatório chega em um momento em que o Brasil registra uma extensa fila de desempregados e um embate dentro do governo federal sobre como – e se é válido – aumentar os gastos públicos para investimentos.

Acesse o podcast nas principais plataformas de streaming.

Neste episódio do Infra para Crescer, podcast da Abdib, entenda as implicações e diversos aspectos inerentes a essa questão em entrevista com Venilton Tadini, mestre em Economia e presidente-executivo da Abdib. Ele explica como o investimento público pode, já no curtíssimo prazo, ajudar a gerar empregos, e onde conseguir recursos para investir considerando a preservação do teto de gastos. Com as taxas de juros em patamar baixo, Tadini e o FMI apontam que o momento é adequado para investir.

O presidente-executivo da Abdib ainda faz uma análise histórica do fluxo de investimento público na infraestrutura no mundo na última década. No relatório recentemente divulgado, o FMI escreveu que o nível de investimento público mundial tem sido baixo há mais de uma década. O mundo sofre uma crise no que tange ao investimento público? É uma crise meramente fiscal ou é também uma dúvida conceitual? Como administrar o mecanismo de controle dos gastos públicos para não cair na armadilha de reduzir a zero os investimentos públicos? Ouça e reflita no Infra para Crescer.

O podcast está disponível nas principais plataformas de streaming.