Nordeste gera recorde de produção de energia eólica, capaz de abastecer toda a região

876

Em meio ao período conhecido como a “safra dos ventos”, onde os ventos na região são mais fortes e frequentes, o Nordeste brasileiro registrou um recorde de geração de energia eólica no fim de setembro. A energia produzida apenas no dia 30 de setembro foi suficiente para atender toda a região. A energia eólica é a segunda fonte de energia com maior presença na matriz energética brasileira, ficando atrás somente da hidrelétrica. O país tem 653 parques eólicos, 82% dos quais se encontram na região Nordeste, onde as condições naturais são mais favoráveis. O Rio Grande do Norte está em primeiro lugar em termos de capacidade de produção (4..672 MW), seguido pela Bahia (4.372 MW) e Ceará (2.179 MW).