OMC revisa previsão e calcula queda de 9,2% no comércio global de bens este ano

558

A revisão se deu pelo desempenho acima das expectativas do comércio em junho e julho, conforme as medidas de restrição no combate à pandemia foram sendo levantadas e a atividade econômica acelerou, especialmente no comércio de produtos relacionados à pandemia. Por um lado, a estimativa para este ano passou de queda de 12,9% no cenário otimista elaborado em abril (o cenário pessimista previa uma queda de até 32%) para 9,2%. Por outro, a OMC agora estima uma alta de 7,2% para o ano que vem, mais modesta do que a expansão de 21% a 24% esperada anteriormente. A OMC destaca que o ritmo de recuperação depende da evolução da pandemia e a resposta dos governos a ela: “mais efeitos negativos são possíveis se houver ressurgimento da Covid-19 no quarto trimestre” alerta a entidade.