Rumo antecipa hoje R$ 5,1 bi em outorgas à União

70

Recém-capitalizada com uma operação no mercado financeiro, a companhia de logística Rumo pagará R$ 5,1 bilhões à União em parcelas antecipadas da outorga devida pelas concessões da Malha Paulista e da Ferrovia Norte-Sul. Depois de um acordo costurado com o Ministério da Infraestrutura e com a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), o dinheiro será depositado hoje. A Rumo, controlada pelo grupo Cosan, decidiu antecipar 85% do que deve ao governo pelas duas ferrovias. Ambas têm prestações trimestrais.

Valor Econômico