Eleição em Guarulhos tem apostas para drama da água e conflito sobre obras antigas

59

Mobilidade urbana e drenagem são temas presentes na eleição de Guarulhos. Eleito prefeito mais jovem da cidade, aos 31 anos, Guti, como é conhecido, diz que dedicou sua gestão à “reconstrução da cidade”—algo que os adversários contestam. Seu maior legado até agora é ter conseguido um acordo para resolver o problema crônico do rodízio de água.No primeiro ano e meio de gestão, em 2017, ele afirma ter tentado um acordo com o então governador Geraldo Alckmin (PSDB) para a dívida de R$ 3,5 bilhões da empresa municipal de água com a estatal estadual Sabesp. As tentativas fracassaram, e o caminho foi negociar um novo contrato de concessão de 40 anos com a empresa, assinado em dezembro de 2018, que tirou a dívida da conta do município. Um ano e meio depois, o prefeito afirma que a cidade está livre do rodízio, e isso deve marcar seu discurso na busca pela reeleição.

Folha de S. Paulo