Teto de gastos ou piso do superávit primário

58

A Emenda Constitucional 95, aprovada no governo Temer, proíbe que os gastos públicos, com consumo e investimento, aumentem acima da taxa de inflação. A emenda estabelece, portanto, um teto para os gastos reais do governo, e ficou conhecida como a Emenda do Teto (ET). No mês de agosto houve opiniões controversas entre economistas sobre este tema. (Fernando de Holanda Barbosa é professor da FGV/EPGE)

Valor Econômico