Leilões de PPPs de iluminação têm deságio de até 58,70%

140

Um consórcio formado por quatro empresas arrematou duas parcerias públicoprivadas (PPPs) para prestação dos serviços de iluminação pública, em leilões realizados nesta manhã na B3, em São Paulo. Composto pela Proteres Participações, High Trend Brasil, MG3 Infraestrutura e RT 071 Empreendimentos, o grupo deu o melhor lance para as concessões de Aracaju (SE) e Feira de Santana (BA). No caso de Aracaju, propôs uma contraprestação mensal máxima de R$ 744,55 mil, valor que representa um deságio de 58,70% em relação ao máximo estipulado. A oferta venceu outras 14 propostas. Já para Feira de Santana, o consórcio ofereceu uma contraprestação mensal máxima de R$ 785,8 mil, deságio de 56,20% em relação ao valor máximo. Além da proposta vencedora, essa licitação atraiu outras 10 ofertas.

Valor Online