Com privatização da Eletrobras, União deve permanecer com 45% das ações

141

O ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, disse que o governo deverá manter 45% de participação na Eletrobras após a privatização da companhia. Em live com o líder do governo na Câmara, Major Vitor Hugo (PSL-GO), Albuquerque disse que o Estado não tem recursos para investir, o que fez com que a Eletrobras perdesse relevância no setor.

Broadcast