Operadoras começam a vender serviço 5G, mas com restrições

65

As teles encontraram um meio de lançar a tecnologia 5G no país antes mesmo do leilão de frequências específicas, de 3,5 gigahertz (GHz), a ser feito pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Enquanto o certame vem sendo adiado – agora está previsto para o primeiro semestre de 2021 -, as operadoras utilizam as frequências que já possuem e que estão com pouco uso para destinar a outras gerações tecnológicas e entrar no mundo de 5G. Mas há restrições.

Valor Econômico