Matriz continuará com forte participação hídrica, aponta PNE 2050

116

O Plano Nacional de Energia 2050 entrou em consulta pública no Ministério de Minas e Energia nesta segunda-feira, 13 de julho. O documento conta com cerca de 230 páginas e vem com dois cenários base tomando como referência o ano de 2015, colocando entre suas premissas o caminho da transição energética, modernização do setor com os 3Ds ao lado da expansão tradicional do setor energético brasileiro. Em linhas gerais, aponta o MME, os estudos do PNE e que agora estão abertos a contribuições da sociedade, apontam para um potencial energético de quase 280 bilhões de toneladas equivalentes de petróleo (tep) no horizonte até 2050.

Canal Energia