B3 abre listagem para fundo de infra

174

A B3 passará a listar fundos de investimentos de infraestrutura (FI-Infra) e de recebíveis (FIDC). As cotas ficarão disponíveis para negociação tal como ocorre com ações e fundos imobiliários. Um ofício circular será distribuído hoje ao mercado. O plano foi antecipado para o Valor. A iniciativa, segundo Marielle Brugnari, gerente de produtos “cash equities” da B3, responde a uma demanda de corretoras e gestoras de recursos para dar uma porta de saída para investidores que ficavam presos a estruturas de longo prazo, em fundos fechados. “É uma alternativa para vender as cotas no secundário antes do vencimento”, diz.

Valor Econômico