Internet ultraveloz deve passar de 50% das conexões em 2020

46

Mesmo com a desaceleração econômica provocada pela pandemia, as conexões de ultrabanda larga tendem a se tornar maioria no país até o fim do ano. Dados da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) indicam que em março os acessos à internet com velocidade superior a 34 megabits por segundo (Mbps) representavam 45,8% das conexões existentes no país. Um ano antes, em março de 2019, esse percentual era de 29%.

Valor Econômico