Goldemberg pede foco em mais eficiência energética

144

O governo deveria revisar a legislação nacional de eficiência energética e ampliar o escopo do Procel (programa de etiquetagem dos equipamentos), recomenda um novo estudo do físico José Goldemberg, professor emérito do Instituto de Energia e Ambiente da USP. Isso é fundamental para permitir que o Brasil chegue aos atuais patamares de desenvolvimento e qualidade de vida da Europa, em 2040, sem esgarçar seus recursos energéticos.

Valor Econômico