Balanço hídrico depende de irrigação mais ampla e eficiente

69

O Brasil convive com situações heterogêneas quando o assunto é a utilização dos recursos hídricos. Há regiões em que os déficits ocorrem pelo uso intensivo na agricultura irrigada; outros, em que há escassez do recurso, como no Semiárido; e ainda locais com abundância, mas em que a má gestão compromete um uso mais eficiente. Os conflitos na disputa pelo recurso, hoje localizados, tendem a se intensificar na medida em que o consumo maior e a mudança climática tornem a água um bem mais escasso e caro. Dados da Agência Nacional das Águas (ANA) apontam que, até 2030, a demanda deve crescer 24%.

Valor Econômico