Empresários sugerem propostas para empresas terem caixa para o dia a dia

173

Preservar o fluxo de caixa para pagamentos de folha de funcionários e custeios diversos tornou-se uma preocupação para empresas de quaisquer portes e setores produtivos. Por isso, no documento “Medidas para garantir os serviços de infraestrutura e manter a atividade econômica, produzido pela Abdib a partir da consulta a mais de 50 empresários, a Abdib recomenda um conjunto de iniciativas para dar alívio às empresas. São três as propostas com essa finalidade.

Uma da medidas recomenda que bancos públicos, como Caixa e Banco do Brasil, ofereçam linhas de crédito para financiamento da folha de pagamento das empresas, com taxa, carência e prazos de pagamento adequados, com o objetivo de manter os empregos e o consumo. As linhas podem ter recursos providos inclusive pelo Tesouro Nacional, de forma que os bancos possam oferecer tais condições excepcionais.

Leia o documento “Medidas para garantir os serviços de infraestrutura e manter a atividade econômica“, elaborado e divulgado pela Abdib

 As instituições financeiras federais já divulgaram medidas para postergarem pagamentos e ampliar volume de crédito para empresas. O governo federal estudam também medidas adicionais para atender essas diretrizes.]

Outra medida proposta pela Abdib é a postergação do pagamento de impostos federais e estaduais por 120 dias, incluindo refinanciamentos de dívida tributária, bem como prorrogar o do prazo para apresentação das obrigações acessórias das empresas.

Com relação ao BNDES, além das medidas anunciadas de suspensão de pagamentos por seis meses para operações diretas e indiretas, é importante, segundo a Abdib, o alongamento do prazo final contratual também por seis meses.

Além disso, a Abdib sugere incluir na linha de capital de giro também as grandes empresas e permitir que o BNDESPAR entre no capital de empresas estratégicas, como concessionarias de serviços públicos, com ações preferenciais e mecanismos de saída. Tal medida resultaria em ação mais barata que oferecer empréstimos, segundo a associação.

LEIA MAIS

Retomar investimentos públicos será fundamental no pós-crise

Bancos podem dar alívio para estados e municípios, propõe a Abdib

Infraestrutura requer medidas emergenciais para serviços não pararem

Maior crise desde 1929 exige medidas para manter a atividade econômica