Industria de painéis solares começa a retomar capacidade, aponta EDP

509

A amenização do avanço do coronavírus na China nas últimas semanas tem trazido uma nova perspectiva. As notícias reportadas dão conta de que os fornecedores de módulos e painéis fotovoltaicos têm retomado as operações e que a produção já está próxima de 90% da capacidade antes da crise instalada naquele país desde o início de 2020. De acordo com o vice-presidente de estratégia e novos negócios da EDP Brasil, Carlos Andrade, a empresa, que vem investindo em geração distribuída solar, não acredita em um forte impacto nos negócios. Ele admite que pode haver um atraso no desenvolvimento de projetos, mas que essa situação será mais pontual. Mesmo com a chegada da doença no país, é possível que os efeitos em termos de cronograma não sejam muito afetados.

Canal Energia