Geração e transmissão devem receber R$ 456 bilhões até 2029

918

A infraestrutura do setor de energia tem investimento previsto de R$ 2,3 trilhões até 2029, de acordo com o Plano Decenal de Expansão de Energia 2029 (PDE 2029).

Desse total, 77,4% devem ser destinados ao setor de petróleo e gás.

A área de geração e transmissão deve ficar com 19,6% dos investimentos, o que equivale a R$ 456 bilhões, e os biocombustíveis devem receber 3%.

A oferta interna de energia (OIE), energia necessária para movimentar a economia, tem crescimento projetado de 2,9% ao ano, alcançando 380 Mtep (milhões de toneladas equivalentes de petróleo) em 2029.

As fontes renováveis podem chegar a uma participação de 48% desse total.

A matriz energética brasileira é considerada uma das mais limpas do mundo, e já conta com 47% de energia renovável.

No setor elétrico, atualmente 80% da capacidade instalada é renovável, e esse percentual deve chegar a 84% em 2029.

A Abdib trabalha com a missão de fortalecer a segurança energética no país, capturando os benefícios do aproveitamento das múltiplas fontes de energia disponíveis no Brasil.