FBCF recua em novembro e afeta 4º trimestre, aponta Ipea

129

A queda de 1% do Indicador Ipea Mensal de Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF) de novembro em relação a outubro deixou um carregamento estatístico negativo de 1,4% para os investimentos no quarto trimestre, estima Leonardo Carvalho, pesquisador do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). Essa será a queda em relação ao trimestre anterior caso o índice fique estável em dezembro.

Valor Econômico – 14/01/2020