Itaú cria estrutura para operar em energia

138

O Itaú Unibanco vai entrar no setor elétrico, de olho numa maior abertura do mercado livre nos próximos anos. Os planos são ambiciosos. O maior banco do país está montando uma comercializadora, quer desenvolver produtos relacionados à há 12 horas Finanças commodity e não descarta, no futuro, vender energia diretamente a seus clientes pessoa física por meio de aplicativo. O primeiro passo concreto é a abertura de uma mesa de comercialização de energia, confirmou o banco ao Valor. Esse movimento depende ainda de autorização da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e de uma comunicação ao Banco Central (BC), mas a expectativa do Itaú é que a área se torne operacional no fim do primeiro semestre.

Valor Econômico – 13/01/2020