Projeto da cessão onerosa avança na Câmara

171

A Câmara aprovou, em votação simbólica, o projeto de lei que destina 33% dos R$ 106 bilhões estimados para o leilão da cessão onerosa do pré-sal para Estados e municípios, mas, numa derrota do ministro da Economia, Paulo Guedes, e da cúpula da Casa, a maioria das travas para evitar que prefeitos gastassem o dinheiro com investimentos foram rejeitadas. O texto segue para análise do Senado, o que deve acontecer na próxima semana.

Valor Econômico