Atuação da Petrobras exige aprimoramento da política energética, avalia Décio Oddone

201

O novo posicionamento da Petrobras, que deixa de investir em determinados ativos para concentrar suas atividades no pré-sal, gera maior responsabilidade às agências reguladoras e órgãos ligados à política energética. A avaliação é do diretor-geral da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), Décio Oddone. Para ele, o país passa atualmente por uma das maiores transformações no setor de exploração e produção de petróleo.

Agência Epbr