Estatais do saneamento gastam mais com salários do que investem

376

As empresas públicas que dominam o saneamento no país gastaram mais com salários do que com melhorias nos sistemas de água e esgoto nos últimos anos. Levantamento do Ministério da Economia mostra que as despesas com pessoal somaram R$ 68,1 bilhões entre 2010 e 2017, R $8,5 bilhões a mais que os investimentos. Com mais de 100 milhões de brasileiros sem coleta adequada de esgoto, salários consomem fatia crescente das receitas das estatais não se torem que, apesar de o aumento das tarifas ter superado a inflação, indicadores não avançam.

O Globo